Preces

As preces do budismo nos lembram das qualidades necessárias para realizarmos a verdadeira natureza da mente. Podemos iniciar nossa prática de meditação diária com o refúgio (comum a todas as escolas) e outra prece da nossa escolha, e ao final dedicamos os méritos (ver prece de dedicação de méritos) da nossa prática para o bem de todos os seres. Cada tradição budista apresenta preces de acordo com sua linhagem. “Os 8 Versos que Transformam a Mente” também pode ser recitado como uma prece diária, clique aqui para ler. Todas as orações podem ser recitadas a qualquer momento do dia, mesmo em meio as nossas atividades diárias, como uma prática de meditação e reflexão. A Metabavana é uma oração que podemos dedicar a  alguma pessoa específica (ver a última prece). Abaixo, algumas das muitas preces budistas. *Foto acima – stupas no Chagdud Gonpa Khadro Ling – Três Coroas-RS – fundado por Chagdud Rinpoche.

Acesse nossas páginas no facebook: budismo engajado e budismo petropolis.
E no Instagram: budismo petropolis

Preces Budistas

Metabavana

Metabavana é uma prece e também uma prática de meditação. Meta quer dizer amor e bavana meditação. Pensamos no nome de uma pessoa em questão, alguém que temos dificuldade de nos relacionar, alguém que está sofrendo, uma pessoa que queremos ajudar, um ente querido ou nós mesmos. Essa prática é antídoto para uma emoção ou sentimento negativo em relação a uma pessoa e é uma forma de liberarmos as pessoas. Ao liberar as pessoas com as quais temos um relacionamento difícil, liberamos a nós mesmos. Mesmo que lembremos apenas de uma das frases abaixo no momento do surgimento da raiva em relação a alguém, será muito útil para que não perpetuemos maus sentimentos e paisagens internas negativas. Se somos agredidos, a metabavana pode ser usada para nos lembrarmos de não responder a agressão, não entrando na paisagem negativa do outro e de alguma forma, não responder pode ser muito benéfico para nós e para o outro. Onde está o espaço pontilhado abaixo, podemos incluir o nome da pessoa e termos ela na nossa mente.

Que ……. encontre a felicidade,
Se liberte do sofrimento,
Encontre as causas da felicidade,
Se liberte das causas do sofrimento,
Se purifique de todo karma,
Esteja lúcido/a,
Possa de fato beneficiar os seres e
Veja nisso a fonte de toda felicidade, alegria e energia.

Refúgio

No Buda, no Darma e na excelente assembléia da Sanga*,
até que eu alcance a iluminação, neles tomo refúgio.
Por meio da minha prática das seis perfeições*,
possam todos os seres atingir o estado búdico.

*Sanga – grupo de praticantes, comunidade
* As 6 perfeições – generosidade, ética, paciência, perseverança, concentração e sabedoria.

As 4 Incomensuráveis

Que todos os seres encontrem a felicidade e as causas da felicidade.
Que todos os seres se libertem do sofrimento e das causas do sofrimento.
Que todos os seres encontrem a felicidade livre de sofrimento.
Que todos os seres vivam em equanimidade livres de paixões, de agressões e de preconceitos.

Os 4 Dharmas de Gampopa

Conceda suas bênçãos para que minha mente não se separe do Dharma.
Conceda suas bênçãos para que o Dharma se desenvolva pelo caminho.
Conceda suas bênçãos para que o caminho esclareça a confusão.
Conceda suas bênçãos para que a confusão se transforme em sabedoria.

Os 3 Mantras Ferozes *Tsangpa Gyare

“O que quer que tenha que acontecer, aconteça!”
“Seja qual for a situação, está ótimo!”
“Eu realmente não preciso de coisa alguma!”

*Tsangpa Gyare – fundador da Linhagem Drukpa do Budismo Tibetano

Aspiração de Shantideva 

Enquanto o espaço perdurar, enquanto os seres existirem, possa eu também permanecer para dissipar o sofrimento do mundo.

Outra oração composta pelo mestre Shantideva no século VIII

Que eu me torne em todos os momentos, agora e para sempre,
Um protetor para os sem proteção,
Um guia para aqueles que perderam o seu caminho,
Um navio para os que têm oceanos a cruzar,
Uma ponte para aqueles com rios para atravessar,
Um santuário para aqueles em perigo,
Uma lâmpada para aqueles sem luz,
Um lugar de refúgio para aqueles que não têm abrigo,
E um servo para todos que precisam.

**Leia a prece de Dedicação de Méritos por Shantideva.

Dedicação de Méritos por Chagdud Rinpoche
(No budismo é comum dedicarmos a prática para o bem de todos os seres.)

Ao longo de minhas muitas vidas e até este momento, todas as virtudes que eu tenha alcançado, inclusive o mérito gerado por esta prática e todas as que vier a conseguir, ofereço para o bem-estar dos seres sencientes. Possam a doença, fome, guerra e sofrimento diminuir para todos os seres enquanto sua sabedoria e compaixão aumentam nesta e em vidas futuras. Possa eu rapidamente alcançar a iluminação para trabalhar sem cessar pela liberação de todos os seres.

Prece de Aspiração

Budas e Bodisatvas (aquele que vem para beneficiar os seres) em conjunto:
Seja qual for sua motivação,
Sua ação benéfica e preces auspiciosas;
Seja qual for sua onisciência,
Realizações e poderes benévolos;
E seja qual for sua imensa sabedoria,
Eu, que igualmente venho para beneficiar os seres,
Rogo para que possa alcançar as mesmas qualidades.

Desejo Auspicioso

Neste exato momento, possam nem mesmo os nomes doença, fome, guerra e sofrimento ser ouvidos pelas pessoas e nações da Terra; Mas possam, sim, sua conduta moral, mérito, riqueza e prosperidade crescer e possam a suprema bem-aventurança e bem-estar sempre surgir para elas.

Uma prece composta pelo mestre Thich Nhat Hanh

Consciente do sofrimento causado por palavras descuidadas e pela incapacidade de ouvir os outros, eu me comprometo a cultivar a fala amável e a escuta compassiva, a fim de aliviar o sofrimento e promover a reconciliação e a paz em mim mesmo e entre outras pessoas, grupos étnicos e religiosos e nações.

Prece para a hora das refeições  por  Thich Nhat Hanh

“Este alimento é o dom de todo o universo. A terra, o céu, inúmeros seres vivos e muito trabalho duro e amoroso. Que possamos comer com consciência e gratidão, de modo a sermos dignos de recebê-lo. Que possamos reconhecer e transformar nossa formações mentais prejudiciais, principalmente nossa ganância, e aprender a comer com moderação. Que possamos manter nossa compaixão viva pela ingestão desse alimento, de tal forma que possamos reduzir o sofrimento dos seres vivos e preservar o nosso planeta. Aceitamos este alimento para que possamos nutrir nossa irmandade e fraternidade, fortalecer a nossa comunidade e nutrir o nosso ideal de servir a todos os seres vivos.”

Purificando o Lugar

Por toda a parte possam os caminhos dar passagem,
Livres de pedras cortantes e outros incômodos.
Serem suaves como o lápis-lázuli
E as palmas das minhas mãos.

Oferecimento da Mandala

Esta terra, ungida de perfumes, semeada de flores,
O Monte Meru, os quatro continentes, o sol e a lua,
Concebida e oferecida como uma Terra do Buda,
Possam todos os seres desfrutá-la.
Objetos de apego, aversão e ignorância,
Amigos, inimigos e estranhos, meu corpo, riquezas e prazeres
Ofereço-os sem qualquer sentimento de perda.
Aceite-os e inspire-me assim como aos demais,
A libertar-nos das três atitudes insalubres.

Uma prece por Potowa Rinchen Sal (1027-1105)

Que eu possa ser o refúgio dos seres sem refugio!
Possa ser o protetor dos seres sem protetor!
Que eu possa ser a morada de seres sem morada!
Possa ser o país dos seres sem país!
Que eu possa ser o amigo dos seres sem amigos!
Que eu possa ser o apoio de seres sem apoio!

 

Prece das 7 linhas
Ouça a prece abaixo.

HUNG- ORGYEN YUL GYI NUB JANG TSAM

Na fronteira noroeste da terra de Orgyen,

PEMA GESAR DONG PO LA

No coração de pólen de uma flor de lótus,

YATSEN CHOK GI NGÖ DRUP NYÉ

Dotado das mais maravilhosas realizações,

PEMA JUNG NÉ SHYÉ SU DRAK

Você é conhecido como o Nascido do Lótus,

KHOR DU KHANDRO MANGPÖ KOR

Cercado por um séquito de muitas dakinis.

KHYÉ KYI JÉ SU DAK DRUP KYI

Enquanto pratico, seguindo seus passos,

CHIN GYI LAP CHIR SHEK SU SOL

Rogo que se aproxime e conceda as suas bençãos!

GURU PEMA SIDDHI HUNG

Ouça a prece na voz de Lama Tharchin Rinpoche


Prece Vajra das 6 Linhas

Dissipando os Obstáculos do Caminho – Dusum Sangye

Dissipando os obstáculos do caminho, também conhecida como Dusum Sangye Prayer ( prece dos Budas do Três Tempos), uma das mais conhecidas preces do budismo tibetano. Linha com letras maiúsculas em tibetano – G se pronuncia “gui” no começo das palavras e “gi” quando no meio das palavras. Em algumas palavras com NGÖ, o G é mudo. Clique aqui e ouça a prece na voz de Chagdud Rinpoche. Excelente prática para dissipar obstáculos de quaisquer ordem. Ou ouça abaixo.

DÜ SUM SANG DJE GU RU RIN PO TCHE
Guru Rinpoche, corporificação dos Budas dos três tempos;

NGÖ DRUB KUN DAG DE UA TCHEN POI JAB
Guru que é grande bem-aventurança, senhor de todas as realizações;

BAR TCHED KUN SEL DUD DUL DRAG PO TSAL
Guru que é o Dinâmico e Irado Domador de Maras, dissipador de todos os impedimentos,

SOL UA DEB SO DJIN DJI LAB TU SOL
Rogo-lhe, confira suas bênçãos.

TCHI NANG SANG UE BAR TCHED JI UA DANG
Por favor, remova todos os obstáculos externos, internos e secretos

SAM PA LUN DJI DRUB PAR DJIN DJI LOB
e conceda suas bênçãos para que nossos desejos sejam espontaneamente realizados.

OM AH HUM BENZA GURU PEMA SIDI HUNG (3 x – mantra)

Clique aqui e ouça alguns mantras do budismo tibetano.

Acesse nossas páginas no facebook: budismo engajado e budismo petropolis.
E no Instagram: budismo petropolis