Projeto Meditação para Todos

A motivação do Projeto Meditação para Todos é levar a meditação para locais públicos, comunicando que a prática é para todos e pode beneficiar cada um onde quer que esteja. O projeto começou há mais de dois anos,no dia 18 de abril de 2015, e o feedback tem sido muito positivo. Os encontros acontecem no Museu Imperial de Petrópolis, aos sábados, às 10h. Pessoas de todas as idades vêm para praticar a meditação e ouvir sobre ela. (Veja algumas fotos no final do post). Fique atento a nossa programação no Facebook Budismo Petrópolis. Leia a página em inglês sobre o Projeto. Meditation for All Project in english.

O projeto tem três pilares: visão, meditação e ação. O trabalho interno vai resultar em uma sociedade mais amorosa e livre. O senso de felicidade ou infelicidade não surge tanto pelo que acontece externamente, mas pelo significado que nós damos ao que acontece. O mundo externo é inseparável do mundo interno e como nós caminhamos no mundo é a consequência dessa relação. Se estivermos internamente em meio a paisagens perturbadoras, inevitavelmente o mundo que aparecerá externamente será desconfortável; nossa visão determina o que vemos. A cultura de paz só será realizável se nós estivermos equilibrados emocionalmente; mais leves e menos impulsivos nas nossas respostas aos acontecimentos diários das nossas vidas.

Esse projeto têm as bênçãos e apoio dos mestres Phakchok Rinpoche, Dzongsar Khyentse Rinpoche e Monja Coen e o olhar cuidadoso de Chagdud Khadro e Tsewang Phuntso (secretário de Sua Santidade o Dalai Lama para América Latina).  “Acredito que em todos os níveis da sociedade – familiar, social, nacional e internacional – a chave para um mundo mais feliz e mais bem sucedido é o crescimento da compaixão. Nós não precisamos nos tornar religiosos, nem precisamos acreditar em uma ideologia. Tudo que é necessário para cada um de nós é desenvolver as nossas boas qualidades humanas.” (Dalai Lama)

O programa dos sábados no Museu Imperial de Petrópolis, às 10h:
1- Meditação silenciosa breve. 2 – Palestra sempre com algum tema relacionado à visão de mundo, meditação e ação lúcida. 3 – Explicação sobre a prática. 4 – Meditação Shamatha. 5 – Meditação Mettabhavana (para pacificação das relações). 6 -Meditação da Bondade Amorosa ( Loving-kindness meditation em inglês). 7 – Perguntas e respostas. 8 – Fechamento. O horário não é rígido: cada um pode entrar e sair a hora que quiser e o programa dura em torno de 1h30. Não é necessário ter experiências prévias com meditação: as práticas são conduzidas. Não é necessário se inscrever. Veja aqui algumas das práticas.

Aberto a todos, sem nenhum tipo de restrição: crianças, jovens e adultos de todas as idades, de todas as religiões e sem religião, meditam juntos. Em média entre 130/150 pessoas têm participado dos encontros. No dia 4 de março de 2017 foi o encontro número 100 – cem sábados ininterruptos de prática coletiva – e no dia 15 de abril, foi o encontro 106 que marcou os dois anos de projeto. O Projeto Meditação para Todos foi concebido e é conduzido por Miguel Berredo. (Fotos abaixo)

Saiba mais sobre o projeto: Projeto Meditação para Todos 

O Projeto Meditação para Todos na Mídia:

Leia a matéria da Revista Vida Simples
Leia a matéria da Revista Alma
Leia sobre a meditação no sábado de carnaval no Blog do Ancelmo Gois
Leia sobre o Bloco do Silêncio – a meditação no museu de sábado de carnaval no Globo 

foto: Patricia Seixas

foto: Patricia Seixas

Anúncios